Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > História
Início do conteúdo da página

Histórico da auto-avaliação na UFRA

Publicado: Sexta, 22 de Fevereiro de 2013, 16h08 | Última atualização em Terça, 10 de Abril de 2018, 08h41 | Acessos: 1768

O processo de Auto-avaliação institucional se iniciou na Universidade Federal Rural da Amazôniaa partir do término da gestão pro-tempore em 2005, quando então assumiu a nova administração da Universidade.

Ainda na gestão pro-tempore, o primeiro projeto de auto-avaliação foi encaminhado ao INEP e por não atender o previsto no Roteiro de Auto-Avaliação o mesmo foi devolvido para a UFRA. De imediato, foram designados, através da Portaria nº. 1026 de 17 de outubro de 2005 novos membros para compor a CPA, em substituição a Comissão anterior, entretanto, em decorrência do movimento grevista, não foi possível homologar os nomes dos membros junto ao Conselho Universitário, o que aconteceu somente no dia 27 do mês de dezembro de 2005. A Comissão era composta dos seguintes membros: Prof. Moacir Cerqueira da Silva – Coordenador; Profª. Ruth Helena Falesi Bittencourt – Secretária da Comissão; Profª. Adélia Benedita Coelho dos Santos – Representante da ADFCAF-SSind.; Profª. Maria Nazaré Bestene de Oliveira – Pedagoga; Téc. Francisco Carlos de Oliveira – ASSFCAP-Sind.; Téc. Carlos Afonso de Lima – ISPA; Téc. Sinerey Karla Salim Aragão de Sousa – HOVET; Aluno Goderian de Noronha Campos – Eng. de Pesca; Aluno André Luiz Ferreira Ribeiro – Zootecnia; Aluno Marcos Lima Campos do Vale – Agronomia; Eng. Agrônomo Carlos Albério – Pres. CREA-PA.; Méd. Veterinário Édson BritoLadisláu – Pres. CRMV-PA; Eng. Agrônomo Antonio Ronaldo Camacho Baena – Empresário Rural.

Os trabalhos desta Comissão se iniciaram de imediato, e ganhou experiência com a auto-avaliação institucional, apresentando o primeiro relatório de auto-avaliação institucional em 2006.

Segundo o Relatório de Auto-Avaliação Institucional (2006) a UFRA até aquele momento não havia realizado a Avaliação Institucional, mas com a vontade de que esta se concretizasse e aliado a exigência legal a avaliação foi realizada oportunizando a mesma a possibilidade de um olhar e repensar sobre a sua prática acadêmica e a construção de uma universidade com competência técnica e política contribuindo ao desenvolvimento regional.

No ano de 2010 é constituída nova comissão cujos integrantes foram: Docentes: Ana Lidia C. do Nascimento, Maria Rohane de Lima, Tatiana do Socorro C. Pacheco; Técnico-Administrativos: Emilce Nascimento Pacheco, Eliza Sena Silva, HedenClazyo D. Gonçalves; Discentes: Gerson Levi Farias da Silva, Fernanda Barbosa de Carvalho, Wagner Romulo Lima Lopes; Sociedade Civil: Celso Iran Pujet Botelho. E esta comissão construiu o relatório de avaliação institucional referentes ao ano de 2010. Este relatório é um documento denso e muito informativo no que se refere a apresentação da estrutura organizacional e estrutural da UFRA, bem como indica os principais problemas identificados pela comunidade acadêmica com potencialidades de resolução. Forma-se no ano de 2012 nova CPA na UFRA cujos membros são: Docentes: Ana Lidia C. do Nascimento, Maria Rohane de Lima, Janae Gonçalves; Técnico-Administrativos: Pedro Anderson das Chaves Oliveira, Eliza Sena Silva, HedenClazyo D. Gonçalves; Discentes: Itamar Martins Batalha, Amanda Thais Teixeira, Alana da Costa Nogueira; Sociedade Civil: Celso Iran Pujet Botelho.

A importância da avaliação institucional é algo que deve ser valorizado pelas instituições de ensino superior, a partir de sua compreensão enquanto o instrumento para o processo de desenvolvimento institucional, ou seja é por intermédio da avaliação institucional que buscamos novas possibilidades de fazer diferente, identificamos as falhas institucionais e avançamos para novos e melhores fazeres pedagógicos, administrativos, burocráticos, tecnológicos, acadêmicos, dentre outros.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página